musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - SP SAN ANDREAS - COSTA GOLD - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

SP San Andreas letra


E no momento em que acordar e
Ter a sensação estar só
Mesmo sabendo que existem pessoas ao seu redor
É melhor, tem de cor, o que faz feliz realmente
Pois verá centenas do lado
Enquanto um milhão tão na frente
Prontos pra derrubar, a conta é emplacar
Correr no campo, pisa nos verme
Só pra fazer gol de placa
Problema é se empatar, não adianta se estressar
Nova remessa, espero sem pressa
E aqui peça proteção para forças superiores
Se perdem em aflições só reclamando de dores
São feridas que se transformam em tumores
Sonhos carburados, tragando pesadelos horrores
A cada viela cinzenta, uma luz que se apaga
Mais uma mente que se alimenta, a cada trago da baga
E não importa o que traga, seja lá como for
Só irei recebe-lo se for feito com muito amor

Foda-se o que tu pensa, o que importa é que eu fui feliz
Não ter tudo que eu quis, foi apenas consequência
E motivo pra aprender que sempre devo ter paciência
Todo mundo busca o caminho do ensinamento
Mas quantos obtém e esquece agradecimento
Obrigado, a quem tava comigo no começo
E viu minhas conquista, meus corre, meus tropeço
E não me esqueço o dia que eu comecei rimar
Na minha vontade eu pequei, se pá
Termos do passado quem sempre ficam na mente
Que sempre serão lembrados
Pra ajudar o meu presente
Aí, desculpa se eu não sei falar de amor
Desculpa se eu não quero virar moda
Só quero ser mais um trabalhador
Mas olho pro meu pescoço e já desejo pouca corda

E eu acordei dessa city que ninguém
Saquei do meu good morning
É o mundo dos rap, mundo dos bone
Tudo pros chefe, nada pros pobre
Quem mente na larga caruda
Olhando no olho e não vale o que come
As contas aqui não some, os homi não some
Sociedade consome
Abro a janela do prédio, time storm
Como é que pode
Eu vivo no caos da cidade, só com a verdade
E o que me fodi é ouvir
Merda de nego que é alimentado a Toddy
Mas eu não posso parar
Focado na sina, bem vindo a rotina
Bolado com as rima
De fato pra vida, não quer me atrasar
Ah, de fato tem bico pra me engordurar
Reviro meu ciclo, reciclo verdade
Disso eu tô rico pela insanidade
De me adiantar, ratátátá

Ah, desculpa se Sp tá um terror
Desculpa se a condução tá foda
Eu sou um guerreiro e digo alô
Meu valor é minha pessoa
Tem um beck, põe na roda, jhow

Costa Gold - Letras

©2003 - 2018 - musicas.mus.br